fbpx

Usando Google Hacking para testes de invasão

Como todos sabemos o Google é a ferramenta de pesquisa mais usada no mundo, que possui um código de programação muito robusto e que podemos usar tanto para o bem como para o mal, ou apenas para conhecimento em testes de invasão.

Nesse artigo explicaremos como usar o Google para testes de invasão, então usem com moderação e para seu conhecimento.

Para começarmos com Google Hacking, precisamos saber alguns métodos de pesquisas avançados no Google, como alguns “códigos ou operadores” que serão reconhecidos pela ferramenta de pesquisa.

Vale lembrar que em nosso Curso de Pentest aprofundamos ainda mais esse assunto!

Começando a procurar por falhas em sites no Google

Para começar com Google Hacking, precisa-se compreender alguns métodos de pesquisas no Google, como alguns “códigos ou operadores” que serão reconhecidos pela ferramenta de pesquisa. Um dos operadores básicos e mais usados é o sinal de adição “+” que faz com que se busque diversas palavras específicas que podem estar relacionadas em uma pesquisa.

Descobrir falhas de sites hoje é um método extremamente simples e basta de um pouco de conhecimento sobre a falha na qual se deseja procurar.

Um grande exemplo disso é quando se quer encontrar uma possível falha de SQL injection em um determinado site e digita-se o comando:

“nome do site” + inurl= index.php?id=1

Percebe-se que as aspas serviram para filtrar a pesquisa em relação ao nome do site, ou seja, só se quer pesquisar somente aquele site com aquele nome que está entre as aspas e que contenha inurl= index.php?id=1 na URL e o operador “+” serviu para a adição do termo inurl=index.php?id=.

Bom, existem várias outras falhas para se pesquisar e outra muito famosa é referente a arquivos de diretórios de sites e servidores indexados.

Para utilizar esse método, digite:

“index of (nome do dominíno do site).com.br ou .br ou somente .com”

Para pesquisar por resultados mais atuais, você deve ir em ferramentas, clicar em “Em qualquer data” e depois selecionar a data dos resultados.

Pois bem, dependendo da vulnerabilidade do site, é possível encontrar informações atuais de documentos e até banco de dados do mesmo indexado pelo Google digite:

“index of (nome do dominíno do site).com.br ou .br mysql/data”

ou

“index of (nome do dominíno do site).com.br ou .br mysql” e veja os resultados).

Notem que usando a aspas junto com o sinal de adição após, o Google irá buscar exatamente a frase junto com a palavra “somada” relacionada.

Operadores booleanos

Outro método de pesquisa é usar os operadores booleanos juntos também com os sinais básicos “aspas e soma”. Vejam um exemplo:

malware AND “hunter” “home lab”
ou
(malware OR virus) hunting AND “home lab”
ou
(malware OR virus) hunting AND “home lab” -twitter

Digitando as mesmas características só que com operadores diferentes, notamos que os resultados de buscas mudam, acrescentando, subtraindo ou especificando resultados.

Avançando

Existem muitos outros operadores e filtros que podem ser usados no Google, então para sermos mais objetivos, listamos em um PDF para vocês baixarem e testarem.

Bom, mas vamos a outros exemplos de filtros mais avançados, vejam.

Especificamos o site onde queremos buscar e quais palavras queremos encontrar nele.
“password dump” +@gmail.com site:pastebin.com.

Agora buscando o local exato de um diretório que queremos.
inurl:/phpMyAdmin/index.php db=

Buscando documentos com extensão e nome desejado.
inurl:”nist.gov” filetype:PDF best practice

Buscando exploits para determinado sistema.
“Windows XP” +exploit -site:exploit-db.com

Buscando Pessoas com o Google

Com certeza o Google é uma ferramenta muito poderosa para Hackear pessoas. Isso mesmo, no Google pode ser encontrados CPF, RG, Nome Completo, Certidão Digital, Contas Bancárias e muito mais do que você possa imaginar.

Pode-se digitar na aba de pesquisa do Google, por exemplo, o seguintes comandos:

“CPF + nome + RG + Conta Bancária” site=gov.br

Conclusão

Tornando nossa vida mais fácil usando esses diversos operadores e métodos de buscas da forma que quiser e com sua imaginação o Google vai muito além do que podemos imaginar.

O Google é uma ferramenta poderosa e claro uma das principais usadas por hackers. Mas caso queira conhecer outras ferramentas usadas por hackers temos um post sobre isso, veja aqui.




Menu