fbpx

Morte do Windows 7 está próxima

Tudo tem um fim, exceto a estupides humana (mas isso é um caso à parte) e daqui exatamente um ano será encerrado o suporte do queridinho Windows 7. Apesar de parecer um alerta um tanto quando desnecessário, segundo dados da Statcounter até dezembro de 2018, dos usuários Windows pelo mundo, 35.63% utilizavam o Windows 7. Mesmo que o percentual tenha reduzido drasticamente no ultimo ano o percentual ainda é alarmante.

Na pratica o encerramento do suporte, que se encerrará em 14 de janeiro de 2020, significa que a Microsoft deixará de disponibilizar gratuitamente atualizações de segurança, correções de bugs e novas funcionalidades para o sistema operacional o deixando suscetível a ataques de malware. O encerramento do suporte, entretanto não atingira clientes corporativos que pagam por este serviço

Mesmo com a incessante pressão da Microsoft para seus usuários atualizassem seus sistemas anteriores para o Windows 10, na qual foi lançado em 2015, somente no início de 2017 foi que o novo sistema superou o Windows 7 em números de usuários.

A resistência dos usuários por sua vez é justificada pela instabilidade que o Windows 10 apresentou e hora outra apresenta de instabilidade, bem como com muitos softwares, jogos e até mesmo hardware utilizados ainda hoje por estes usuários.

É interessante ainda que o Windows 8 nem chegou a ser cogitado como substituto à altura para Windows 7, como demostra os dados da Statcounter e o Windows 10 somente superou o Windows 7 no início do ano passado.

Além de encerrar o suporte ao Windows 7, a Microsoft também finalizará o suporte ao MS Office 2010, ao Windows Server 2008/2008 R2, ao SQL Server 2008/2008 R2, ao Exchange 2010 e ao Windows Embedded 7 em 2020.

Neste comento, todo usuário que utiliza algum dos produtos Microsoft que estão em estado terminal, deve começar a planejar a migração para soluções atuais (sejam proprietárias ou open source) o mais breve possível, pois podem colocar seus dados em grande risco de segurança.




Menu