fbpx

Instalar o Kali Linux no Windows 10

Nos últimos dias uma notícia surpreendeu muitos profissionais de segurança da informação: a Microsoft disponibilizou o Kali Linux em sua loja oficial para o Windows 10. Com isso agora é possível instalar o Kali Linux nativamente no Windows 10 sem a necessidade de dual-boot ou uma máquina virtual.

Apesar de surpreendente, está não é uma novidade, pois já a algum tempo a Microsoft vem suportando distribuições GNU/Linux no Windows 10 por meio do seu modulo Windows Subsystem for Linux.
Apesar do Kali Linux realmente funciona sobre o Windows 10, há algumas ressalvas. E por isso vamos agora desmiuçar toda essa história surreal e incrível.

Linux no Windows, mas como assim?

A notícia é tão inacreditável, que por um breve momento acreditamos estar em um universo paralelo, pelo simples fato de a Microsoft ser uma inimiga declarada de longa data da comunidade de código aberto e do GNU/Linux, entretanto essa não é a postura atual da empresa, tendo uma mudança drástica em sua cultura.

Em 2016, Satya Nadella, CEO da Microsoft, anunciou a entrada da empresa na Linux Foundation, oficializando assim seu apoio ao código aberto, indo de encontro ao pronunciamento que havia feito em 2014, ao afirmar que a Microsoft ama o Linux.

Apesar da notícia do Kali no Windows ser uma novidade para os profissionais de segurança da informação, ela não é tão nova assim para a galera de código aberto e GNU/Linux, pois está é apenas mais uma distribuição GNU/Linux disponível na Microsoft Store, juntando-se as já disponíveis anteriormente Debian, Ubuntu e SUSE.

Windows subsistema para Linux

Para que essa “gambiarra” funcione, é necessário habilitar o Windows Subsystem for Linux (WSL), o WSL é um modulo do Windows que tem como objetivo disponibilizar um ambiente GNU/Linux nativo, possibilitando acesso aos repositórios, execução de scripts e ferramentas sem a necessidade de emuladores ou maquinas virtuais. Não é possível executar todas as ferramentas que encontramos no GNU/Linux nesse subsistema, possivelmente por uma questão de segurança e isolamento.

Para habilitar o WSL no Windows 10, existe duas maneiras. A primeira é por meio das configurações do Windows -> Aplicativos -> Aplicativos e recursos -> Programas e Recursos -> Ativar ou desativar recursos do Windows -> Subsistema do Windows para Linux e Ok.

A segunda, muito mais simples é por meio do Windows PowerShell, basta inicia-lo como administrador e executando o comando:

Enable-WindowsOptionalFeature -Online -FeatureName Microsoft-Windows-Subsystem-Linux
Para finalizar, basta reiniciar o sistema.

Kali Linux no Windows 10

No começo do ano a Offensive Security, já havia manifestado interesse em expandir a execução do Kali sobre o WSL, tendo o projeto se concretizado oficialmente nos últimos como publicado na página oficial do Kali Linux . A ideia da empresa é transpor as barreitas encontradas por pentest e profissionais de segurança que possuem um conjunto de ferramentas limitadas devido aos padrões de conformidade da Microsoft.

Instalando o Kali Linux no Windows

Após ter habilitado o WSL, você poderá instala-lo a partir da Microsoft Store. Nos nossos testes não localizamos o Kali na Microsoft Store apartir da pesquisa da plataforma, entretanto você pode acessar o link https://www.microsoft.com/pt-br/store/p/kali-linux/9pkr34tncv07 para acessar a pagina na internet da aplicação e ser redirecionado para a página do Kali Linux na Microsoft Store.

Após a instalação podem ser acionados falsos positivos nos programas antivírus do Windows, mas pelo menos por enquanto não é motivo para preocupações. Para contornar o problema, basta adicionar as exceções do antivírus.

Para ser iniciado basta clicar sobre o bloco do Kali no menu Iniciar ou através do comando “kali” no Prompt de Comando ou PowerShell ou clicar.

Como já era de se esperar as ferramentas nativas do Kali Linux não vem instaladas nessa vertente do Windows, sendo necessário a instalação dos pacotes. Antes de iniciar a instalação dos pacotes, é recomendado colocar como exceção o diretório onde está instalado o Kali Linux: “C:\Users\hackersec\AppData\Local\Packages\KaliLinux.54290C8133FEE_ey8k8hqnwqnmg\”

Para instalar os pacotes basta proceder como no Kali Linux nativo, utilizando o comando apt-get.

Você também pode acompanhar a documentação do Kali Linux no Windows no link.

Nos testes iniciais com os Aircrack-ng e Nmap, não foi possível realizar os testes, pois o sistema parece não ter privilégios suficientes para acessar as interfaces de redes. Em breve esperamos trazer novidades sobre esta novidades e funcionamento das ferramentas.

Menu