fbpx

Hackers podem controlar drones




Atualmente cada dia mais observamos drones sendo usados por pessoas comuns, como também são muito usados por exércitos e órgãos de segurança. Mas o que aconteceria se um hacker invadisse um drone armado pelo exército? Provavelmente um desastre.

Isso já aconteceu, um hacker de 22 anos conhecido como Majd Ouida conseguiu obter o controle de drones das Forças de Defesa de Israel e foi preso pela polícia israelita em março de 2016.

Mas Majd Ouida não foi o primeiro a conseguir hackear um drone, serviços de inteligência dos Estados Unidos já haviam invadido drones que monitoravam operações em Gaza, na Palestina. Isso ocorreu na operação secreta “Anarchist” que foi divulgada por Edward Snowden.

Como hackers controlam drones?

Os drones precisam responder comandos rapidamente, então na maioria das vezes acabam não utilizando criptografia ou apenas usando WEP, para que os comandos sejam rápidos.

Como sabemos um dispositivo que trabalha em rede e não usa criptografia ou usa apenas WEP ele está totalmente vulnerável a qualquer ataque hacker.

Assim hackers podem controlar totalmente qualquer drone, tanto de pessoas comuns quanto de órgãos de segurança.

Qual a solução?

Para que as empresas fabricantes de drones resolvam esse problema, seria necessário investir em computadores mais potentes para operarem os drones, assim podendo usar criptografias mais avançadas. Mas isso acontece apenas em alguns casos militares atualmente.

Caçando drones!

Algumas pessoas já criaram e até mesmo vendem armas capazes de derrubarem drones, uma das mais conhecidas e usadas por órgãos de segurança é a Sky Wall.

Até mesmo águias são treinadas para caçarem drones.

Tecnologia!

Como toda tecnologia, os drones ainda estão se modernizando, então tudo é uma questão de tempo para se adaptarem, mas lembrem-se, nenhum sistema é 100% seguro.